Eventos

Ter. Nov. 21
Comemorações do 23 de Novembro
Ter. Nov. 21 | horas: 21:00 -
Formação: Boas Práticas Higio-Sanitárias
Qua. Nov. 22
Comemoração do dia da Floresta Autóctone
Qua. Nov. 22
Comemorações do 23 de Novembro
Qui. Nov. 23
Comemorações do 23 de Novembro
Qui. Nov. 23 | horas: 08:00 -
Feira Rural
Qui. Nov. 23 | horas: 17:00 -
Teatro Com Certeza Sr. Ministro
Sex. Nov. 24
Comemorações do 23 de Novembro
Sex. Nov. 24 | horas: 08:00 -
Feira Rural
Sáb. Nov. 25
Comemorações do 23 de Novembro

ver mais [+]

Fotografias do Municipio

  • Atalaia

    Atalaia

  • Atalaia - Ribeira de Alferreira

    Atalaia - Ribeira de Alferreira

  • Belver - Anta do Penedo Gordo

    Belver - Anta do Penedo Gordo

  • Belver - Anta do Penedo Gordo

    Belver - Anta do Penedo Gordo

  • Belver - Anta do Penedo Gordo

    Belver - Anta do Penedo Gordo

  • Belver - Castelo

    Belver - Castelo

  • Belver - Castelo

    Belver - Castelo

  • Belver - Castelo

    Belver - Castelo

  • Belver - Castelo

    Belver - Castelo

  • Belver - Miradouro do Outeirinho

    Belver - Miradouro do Outeirinho

  • Belver - Ponte sobre o Rio Tejo

    Belver - Ponte sobre o Rio Tejo

  • Comenda - Capela Nossa Senhora das Necessidades

    Comenda - Capela Nossa Senhora das Necessidades

  • Comenda - Parque de Merendas

    Comenda - Parque de Merendas

  • Comenda - Parque de Merendas

    Comenda - Parque de Merendas

  • Gavião - Alamal

    Gavião - Alamal

  • Gavião - Alamal (foto de Luiz Alexandre)

    Gavião - Alamal (foto de Luiz Alexandre)

  • Gavião - Largo do Município

    Gavião - Largo do Município

  • Gavião - Pelourinho

    Gavião - Pelourinho

  • Margem - Busto Mouzinho da Silveira

    Margem - Busto Mouzinho da Silveira

  • Margem - Monte dos Pereiros - Fonte

    Margem - Monte dos Pereiros - Fonte

  • Atalaia - Fonte de Santo António

    Atalaia - Fonte de Santo António

  • Atalaia - Ribeira de Alferreira

    Atalaia - Ribeira de Alferreira

  • Atalaia - Ribeira das Barrocas

    Atalaia - Ribeira das Barrocas

  • Belver - Ribeira de Belver

    Belver - Ribeira de Belver

  • Belver - Ribeira de Canas

    Belver - Ribeira de Canas

  • Belver - Ribeira de Eiras

    Belver - Ribeira de Eiras

  • Comenda - Cegonhas

    Comenda - Cegonhas

  • Comenda - Vale de Grou - Fonte

    Comenda - Vale de Grou - Fonte

  • Comenda - Ribeira do Sor

    Comenda - Ribeira do Sor

  • Comenda - Ribeira do Sor

    Comenda - Ribeira do Sor

  • Comenda - Ribeira do Sor

    Comenda - Ribeira do Sor

  • Gavião - Alamal

    Gavião - Alamal

  • Gavião - Alamal - Passadiço

    Gavião - Alamal - Passadiço

  • Gavião - Coreto

    Gavião - Coreto

  • Gaviao - Largo do Municipio

    Gaviao - Largo do Municipio

  • Gavião - Ribeira da Represa

    Gavião - Ribeira da Represa

  • Gavião - Rio Tejo

    Gavião - Rio Tejo

  • Gavião - Termas da Fadagosa

    Gavião - Termas da Fadagosa

  • Margem - Rebanho de ovelhas

    Margem - Rebanho de ovelhas

  • Margem - Ribeira do Sor

    Margem - Ribeira do Sor

  • Margem - Vale da Madeira - Fonte

    Margem - Vale da Madeira - Fonte

  • Margem - Vale de Bordalo

    Margem - Vale de Bordalo

  • Gaviao - Largo do Municipio

    Gaviao - Largo do Municipio

  • Atalaia - Fonte de Santo António

    Atalaia - Fonte de Santo António

  • Atalaia - Moinho Ribeira das Barrocas

    Atalaia - Moinho Ribeira das Barrocas

  • Atalaia - Queda de água no açúde do moinho na Ribeira Alferreira

    Atalaia - Queda de água no açúde do moinho na Ribeira Alferreira

  • Atalaia - Ribeira da Alferreira

    Atalaia - Ribeira da Alferreira

  • Belver - Avi-fauna - paisagem do Rio Tejo

    Belver - Avi-fauna - paisagem do Rio Tejo

  • Belver - Barragem de Belver - Vista do Cabeço do Pintalgaio

    Belver - Barragem de Belver - Vista do Cabeço do Pintalgaio

  • Belver - Ribeira da Areia

    Belver - Ribeira da Areia

  • Belver - Ribeira de Belver

    Belver - Ribeira de Belver

  • Belver - Ribeira de Canas

    Belver - Ribeira de Canas

  • Comenda - Paisagens

    Comenda - Paisagens

  • Comenda - Paisagens

    Comenda - Paisagens

  • Comenda - Ribeira do Sor

    Comenda - Ribeira do Sor

  • Gavião - Largo do Município

    Gavião - Largo do Município

  • Gavião - Passadico do Alamal

    Gavião - Passadico do Alamal

  • Fotos do Concelho - Diversas 201401

    Fotos do Concelho - Diversas 201401

  • Fotos do Concelho - Diversas 201401

    Fotos do Concelho - Diversas 201401

  • Gavião - Praia Fluvial do Alamal

    Gavião - Praia Fluvial do Alamal

  • Gavião - Praia Fluvial do Alamal

    Gavião - Praia Fluvial do Alamal

  • Gavião - Ribeira do Malufe

    Gavião - Ribeira do Malufe

  • Margem - Fonte Velha em Vale de Bordalo

    Margem - Fonte Velha em Vale de Bordalo

  • Margem - Ribeira do Sor

    Margem - Ribeira do Sor

  • Rio Tejo

    Rio Tejo

contact 1
 
Apoio ao Munícipe  
241 639 070
 
Sugestões Para: 
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 

Homenagem e Convívio de Ex-Combatentes

O concelho de Gavião honra os seus ex-combatentes e sábado prestou-se homenagem a todos eles, que se iniciou com uma romagem ao cemitério em que o presidente da Câmara, Jorge Martins, e os presidentes dos Núcleos da Liga de Portalegre, João Barreto, e de Abrantes, Vitalino Bento dos Santos, depositaram coroas de flores no memorial recentemente erguido à entrada daquele espaço sagrado e onde estão inscritos os nomes do dez gavionenses que perderam a vida na guerra do Ultramar.

Jorge Martins e João Barreto proferiram breves palavras nesta ocasião.

Seguiu-se, no salão nobre dos Paços do Concelho, uma cerimónia de entrega de 12 medalhas a ex-combatentes.
José António Gravelho, membro da Direcção do Núcleo de Portalegre da Liga dos Combatentes e organizador deste convívio pelo sétimo ano e que «é para continuar», agradeceu as seis dezenas de presenças, bem como os apoios da adega da Quinta dos Garfos relativamente ao vinho, ao vereador Francisco Louro e comandante dos Bombeiros pela cedência do espaço do Quartel, e «ao presidente da Câmara que desde a primeira hora apoia e incentiva» esta iniciativa, sendo o Município sócio da Liga e tendo «cedido gratuitamente um talhão no cemitério».
José António Gravelho criticou o «nosso regime democrático» que obriga «homens bons, jovens e com valor a ir embora ao fim de três mandatos», quando «outros, mais medianos e com pensões vitalícias, continuam na área do poder», e lamentou ainda, enquanto combatente, que «o Estado não nos reconheça plenamente».

O director do jornal Alto Alentejo, Manuel Isaac Correia, pediu para interromper a sessão e apresentar os nomes dos militares de todas as freguesias de Gavião que cobateram na 1a Grande Guerra, e que evocou um a um, lendo os seus nomes.
O jornalista explicou que a ideia surgiu a partir de uma fotografia recentemente entregue ao jornal para publicação na rubrica “Imagens de sempre” por uma pessoa que não se quis identificar, retratando essa fotografia cinco militares combatentes de Comenda que combateram na 1a Grande Guerra, dos quais veio a ser possível identificar três. Posteriormente e com a «preciosa colaboração do Arquivo Histórico Militar», a quem publicamente agradeceu, foi possível reunir todos os nomes apresentados (e cuja lista se publica nesta edição), sendo certo que não se trata ainda da totalidade dos militares que combateram nessa Guerra de 1914-18, porquanto o trabalho de tratamento dos arquivos ainda não está concluído.
Após a leitura dos nomes dos 60 militares, ouviu-se um forte aplauso na sala.

Transmissão de valores
Foram entregues as medalhas a 12 ex-combatentes que preenchiam os requisitos e as solicitaram, sendo um a um chamados por Guido França Ferreira, procedendo as entidades á entrega das distinções.
Interveio depois o presidente do Núcleo de Abrantes que lembrou que «fomos obrigados a pegar em armas para defender o nome e a bandeira de Portugal», fazendo um apelo para que saibamos vencer o momento que atravessamos e lembrando que a Liga «defende os valores perenes e a transmissão dos valores», entre eles «o valor da família», e sublinhando que na guerra «não fomos só nós» quem sofreu, mas «as nossas namoradas, esposas e pais».
«Temos o dever de defender os valores que os nossos pais nos deixaram e de os transmitir com verdade aos nossos filhos e netos», porque é com esses valores que se ganha uma Cruz de Guerra ou uma medalha de Comportamento Exemplar, mas em contrapartida «hoje nas escolas perde-se o respeito pelos professores, e os nossos pais e avós não nos transmitiram isso».

Reserva moral da Nação
João Barreto, presidente do Núcleo de Portalegre da Liga dos Combatentes, afirmou que «os combates na Índia, em Angola, em Moçambique e na Guiné-Bissau materializaram o fim violento de um ciclo nacional, mas que deixou, nas picadas sangrentas então trilhadas, honra militar capaz de abrir o caminho a uma cooperação fraterna e frutuosa que hoje existe».
O mesmo responsável fez referência aos militares que recentemente têm representado Portugal noutros teatros de operações no exterior, e evocando o percurso nobre de todos lembra que «os combatentes são um pilar essencial de reserva moral da Nação», defendendo que é preciso «criar um ambiente de responsabilidade individual e social assente em valores como os da honestidade, do reconhecimento do mérito, da verdade e, em especial, da honra». «Importa erguer Portugal com sentido de inclusão, sem equecer ninguém, sem deixar ninguém para trás», por isso «cada português tem de ser um combatente de Portugal», e lembrou depois os deveres e os direitos de todos os que integram a Liga dos Combatentes.

Respeito e gratidão
«É uma honra receber os ex-combatentes na casa da democracia e do Poder Local», começou por dizer o presidente da Câmara, reconhecendo que «vivemos momentos muito difíceis» mas «sou homem de princípios e de causas» e por isso «entendo que o devo fazer».
Agradeceu as palavras de José António Gravelho que «acho que não são merecidas» mas «a democracia tem destes paradoxos», no entanto «há várias formas de servir as nossas comunidades», assume Jorge Martins, que disse ver no exemplo da professora Maria José Ferreira, a única senhora presente, «um exemplo ao abraçar outras causas» (é provedora da Santa Casa de Montargil e participa na Universidade Senior).
Jorge Martins deixa a constatação de que «a nossa democracia continua muito centralista» e «trata o Poder Local como menor».
«Vós sois merecedores do nosso respeito e gratidão», disse dirigindo-se directamente aos ex-combatentes, e por isso «esta é também a vossa casa».
Depois agradeceu a Manuel Isaac «este gesto» que relata «um facto da nossa história local», lembrando os de Gavião que «lutando de forma honrosa e respeitosa» engrandecendo Portugal, e declarando que a lista oferecida pelo director do jornal Alto Alentejo «é um enorme contributo para que esta acção e este encontro tenham sentido».
A concluir, Jorge Martins salientou a importância de «cultivar os princípios do respeito e da honra», declarando que «é uma honra para mim estar convosco neste dia».

Maria José Martins, emocionada, quebrou o protocolo e lembrando que «também tenho os meus filhos longe, e apesar de hoje haver telemóveis, isso é difícil, era muito mais doloroso para as vossas mães por não saberem onde nem como estavam», assumindo estar ali também representando todas as mães e mulheres, no que foi muito aplaudida.
A celebração eucarística presidida pelo Pe. Adelino Cardoso na emblemática igreja de Nossa Senhora dos Remédios, que se iniciou com a chamada de todos os dez soldados de Gavião mortos na Guerra do Ultramar, foi outro momento alto deste dia a que se seguiu o almoço e o convívio no Quartel dos Bombeiros, cujas instalações foram cedidas para o efeito..

Textos: Manuel Isaac
Fonte: jornalaltoalentejo.blogspot.com

FaLang translation system by Faboba
© 2012 Município do Gavião Todos os Direitos Reservados
ブランドコピー スーパーコピーブランド コピーブランド ブランドバッグコピー ブランドコピー時計 ブランドコピー財布